Amigo dos AmigosCasos de PolíciainvestigaçãoOperação PolicialPrisão

Polícia está fechando o cerco na quadrilha de traficantes que atua no Jardim Novo (ADA). Suspeito de monitorar agentes da lei foi preso e já foram capturados 13 dos 20 com mandados de prisão. Frente presta contas a Celsinho da Vintém. VIDEO E DETALHES

A Desarme capturou na última sexta-feira em Angra dos Reis, Cristian da Silva Santos, apontado como responsável pelo monitoramento do deslocamento e posição das equipes policiais nas eventuais incursões do interior da Favela Jardim Novo – Realengo, dominada pela facção criminosa A.D.A (Amigos dos Amigos). e contra o qual havia o  Mandado de  Prisão pelo crime de Associação ao Tráfico de Drogas expedido pela 1ª Vara Criminal de Bangu.


    Com a prisão  de Cristian, soma-se 13  alvos capturados dos 20 com  mandados de prisão expedidos pela Operação Jardim Suspenso que continua em diligências  objetivando cumprir a determinação da Justiça  em desfavor dos demais alvos ainda não localizados.

A investigação

O inquérito policial 033-02849/2021 foi instaurado a fim de apurar a autoria e as demais circunstancias dos crimes e tráfico e associação para o tráfico, ocorridos na comunidade da Nogueira em Realengo. 

Consta do procedimento que policiais civis lotados na 33ª DP foram verificar informações de inteligência nas imediações da localidade, tendo em vista traficantes estarem comercializando drogas numa boca de fumo localizada na Rua Sebastião Lan, a qual corresponde a um dos acessos à comunidade.

 Ao avistarem a viatura caracterizada, elementos que estavam próximos a uma mesa se assustaram e se evadiram do local, sendo arrecadado pelos policiais civis sob a mesa, material entorpecente e rádios comunicadores, usados por traficantes no comércio de drogas e monitoramento das viaturas no entorno da comunidade e comunicação entre traficantes, além de um caderno com anotações do tráfico e números de telefone, os quais são de traficantes, inclusive sendo um dos terminais constando o vulgo Da  Macaca sendo este o ´frente´ da comunidade, responsável pelo comércio de drogas com a ingerência de Celsinho da Vila Vintém, o qual se encontra preso. 

Consta, ainda, nos autos informação acerca de um confronto ocorrido dias antes da apreensão objeto do presente procedimento (16/03/2021), onde policiais militares teriam sido atacados por traficantes da Comunidade Jardim Novo, situada ao lado da Comunidade da Nogueira e dominada pela mesma facção criminosa, fatos estes apurados pelo R.O. 033-01958/2021. 

A Justiça autorizou a Coordenadoria de Segurança e Inteligência do MPRJ, através de sua Divisão Especial de Inteligência Cibernética ter o acesso ao conteúdo do aparelho celular utilizado na infiltração policial autorizada judicialmente.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo