Casos de PolíciamilíciaOperação Policial

Polícia fecha mais oito farmácias da milícia de Ecko

A Polícia Civil realiza uma operação, nesta quarta-feira (21), contra farmácias que seriam dominadas pela milícia de Wellington da Silva Braga, o Ecko. O grupo atua nas regiões Norte e Oeste do Rio e também na Baixada Fluminense. A Delegacia do Consumidor (Decon) investiga a utilização desses estabelecimentos para lavagem de dinheiro da milícia.

Até as 11h25, dez pessoas foram presas e oito farmácias irregulares foram interditadas.

A operação conta com o apoio do Conselho Regional de Farmácia. Agentes da delegacia já estiveram em farmácias dos bairros da Campo Grande, Cosmos, Santa Cruz e Paciência, na Zona Oeste e em Madureira, na Zona Norte.

Até as 11h, os agentes tinham interditado oito farmácias irregulares. Na ação ainda foram apreendidos milhares de medicamentos de uso controlado entre outras substâncias, que ainda estão sendo contabilizadas.

Dez responsáveis pelos estabelecimentos estão sendo conduzidos para a Decon e responderão pelos crimes contra a saúde pública, economia popular, sonegação fiscal, lavagem de dinheiro, entre outros.

Na semana passada, a força-tarefa da polícia prendeu 18 pessoas em uma operação contra o braço financeiro da milícia de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Os agentes localizaram ainda a “farmácia da milícia”.

Mostrar mais

PUBLICIDADE

Aguarde 10 segundos e clique em fechar publicidade para visualizar a notícia.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Encontramos um bloqueador de anúncios em seu navegador. Desabilite-o para navegar