apreensãoCasos de PolíciamilíciaOperação Policial

Polícia prende mais 15 e fecha fábricas de cosmésticos e gelo da milícia de Ecko

A Força-Tarefa da Polícia Civil realizou, nesta sexta-feira (06/11), mais uma operação para combater a atuação de milicianos em Santa Cruz, Zona Oeste do Rio de Janeiro. No total, 15 pessoas foram presas, uma fábrica de gelo da milícia, uma fábrica clandestina de cosméticos, uma central clandestina de TV a cabo e internet e lojas de roupas piratas foram fechadas.

A ação foi realizada com o objetivo de atingir o braço financeiro da milícia e interromper comércios e serviços ilegais, que geram grande lucro para a organização criminosa chefiada por Wellington da Silva Braga, o “Ecko”. Na operação também foi apreendida uma placa em homenagem ao miliciano morto “ Carlinhos Três Pontes”, irmão de “Ecko”.

Entre os crimes investigados estão exploração de atividades ilegais controladas pela milícia, cobranças irregulares de taxas de segurança e de moradia, instalações de centrais clandestinas de TV a cabo e de internet (gatonet/gatointernet), armazenamento e comércio irregular de botijões de gás e água, parcelamento irregular de solo urbano, construções irregulares, explorações de areais e outros crimes ambientais, comercialização de produtos falsificados, contrabando, descaminho, transporte alternativo irregular, estabelecimentos comerciais explorados pela milícia e utilizados para lavagem de dinheiro, entre outras ilegalidades.

Policiais de delegacias subordinadas ao Departamento de Polícia Especializada (DPE) participaram da ação, que teve apoio de informações do Disque-Denúncia. O trabalho de inteligência contou com investigações e dados da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD), Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial (DRCPIM), Delegacia do Consumidor (Decon), Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA) e Divisão de Capturas da Polícia Interestadual (DC-Polinter).

Mostrar mais

PUBLICIDADE

Aguarde 10 segundos e clique em fechar publicidade para visualizar a notícia.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Encontramos um bloqueador de anúncios em seu navegador. Desabilite-o para navegar