Casos de PolíciaDenunciahomicídioinvestigação

Policial morto em Realengo seria ligado a Adriano da Nóbrega

O policial militar Luiz Carlos Felipe Martins, que foi morto durante ataque de criminosos hoje em Realengo, na Zona Oeste do Rio, foi citado em reportagem do site The Intercept Brasil como sendo homem de confiança do capitão Adriano Magalhães da Nóbrega, que comandava o grupo de matadores de aluguel Escritório do Crime Organizado e atuava na milícia de Rio das Pedras.

A matéria do Intercept que cita Luiz Carlos como sendo conhecido como Orelha descreve a disputa pelo espólio de Adriano, morto no ano passado durante confronto com policiais na Bahia .

A reportagem diz ainda que houve ao menos duas mortes por conta desta disputa do espólio sem no entanto haver avanço nas investigações.

Luiz teve seu nome citado em um processo por homicídio tentado cometido em Cachoeiras de Macacu na qual aparecia também Adriano da Nóbrega. A vítima .

Respondeu também a um processo por extorsão na Auditoria da Justiça Militar em 2012 que foi arquivado.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo