Casos de PolíciaDenunciaTiroteio

Por causa de briga em baile funk do tráfico em Araruama, jovens foram espancados e um deles acabou morto

Um processo que tramita na Justiça vai julgar o homicídio de um rapaz por conta de um motivo banal: uma simples em um baile funk bancado por traficantes no bairro Mataruna, em Araruama, na Região dos Lagos. 


O crime ocorreu em janeiro do ano passado. Um amigo da vítima foi espancado, chegou a ser colocado de joelhos para ser morto mas conseguiu fugir. Quatro suspeitos respondem pelo crime.


O sobrevivente (Renan) contou que estava no baile na companhia de dois amigos, Hugo e Carlos quando presenciou uma discussão entre o colega que seria morto e um traficante. 


  Ele interviu para que a confusão não alcançasse degraus elevados e perigosos, ocasião em que Renan acabou revidando a uma injusta agressão que sofreu, porém quando alvo de inúmeros ataques físicos pelos companheiros do acusado não teve outra alternativa a não ser fugir do local deixando para trás seus amigos, porém sem êxito.


 Enquanto permaneciam ajoelhados em um beco sob a mira de armas de fogo, um dos acusados obedecendo à ordem de outro alvejou Hugo na cabeça com uma pistola o que deu oportunidade a Renan a empreender nova e imediata fuga dos seus algozes, obtendo êxito em sua investida.  

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar