Casos de PolíciaDenunciainvestigaçãomilícia

Preso junto com Macaquinho, Leleo tinha tanto poder quanto ele. Veja escutas

Todos estão falando somente da prisão de Edmilson Gomes Menezes, o Macaquinho, mas esquecem que Leonardo Luccas Pereira, o Leleo, também preso, dividia o comando da milícia com ele.

Do celular de Leleo apreendido durante uma operação policial em 2018, foi possível identificar arquivos de mídias que retratavam momentos em que os membros da quadrilha gozavam das vantagens econômicas obtidas a partir dos crimes praticados contra a população das comunidades por onde estendia seus domínios.

Monitoramento feito em conversas de WhatsApp mostraram Leleo conversando com o antigo chefe do grupo, Horácio Souza Carvalho, sobre uma invasão do a invasão de traficantes da facção Comando Vermelho à comunidade do Bateau Mouch

‘É isso mano, vamos recuar porra nenhuma não ! Quem tiver com medo sai . Com ele
mesmo, vou juntar os moleques aqui e vou mandar geral para aí hoje, vou botar o bagulho doido,
quero ver ele descer, quero ver, e é hora boa para a gente fazer um contato, tipo assim, com
eles, já que não era para eles se meter, então, como vocês estão se metendo vai ficar ruim para
vocês, a gente não vai sair daqui, botar um terror se eles se meter, quando acabar essa
palhaçada, o que vai acontecer, a gente vai descer na Covanca, a gente desce na Covanca
arrastando tudo que quero ver eles apoiarem alguém.”;

Leleo deu instruções a um comparsa sobre como proceder na guerra: ‘

Mano !! Tropa do “H” está indo para aí ! Bota geral nos postos ! No mais miolo
que tivar, onde os caras estão descendo, que falou que o Gordinho recuou. Não é para
sair do DPO ! Mano, quem tiver com medo, manda logo embora parceiro, bagulho osaras já estão tirando as asinhas de fora, a gente vai ficar recuando parceiro é melhor
sair do morro. Bota geral para trabalhar aonde for as coisas parceiro, e não é para sair
ninguém daí , só vai embora, estou mandando geral para aí hoje, só vai embora quando
resolver essa guerra, agora já está de manhã mas bota no DPO, amanhã de manhã já
bota lá em cioma, vai dando um rolé que vai geral para aí, já está recuando demais, os
caras já estão saindo muito para fora.”;

Conversas monitoradas mostraram o poder de Leleo na quadrilha, Numa delas, dá um esporro em um comparsa por não ter ninguém no plantão:

Não tem ninguém aqui no plantão, cadê? Não estou entendendo porra nenhuma mais,
cadê ? É funcionário dando de patrão.”;

Leleo também foi flagrado reclamando de operações no morro:

Isso é maior esculacho, esses filhas das putas, tem que matar alguém da família
deles, eles já não estão respeitando nada, eles com família no morro, eles não estão respeitando
nada eles.”

Há conversas também em que subordinados apresentam a Leleo armas que seriam adquiridas pela quadrilha.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo