Casos de PolíciamilíciaOperação PolicialPrisão

Quatro milicianos foram presos na Zona Oeste e Baixada quando extorquiam comerciantes


Policiais civis da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) realizaram, neste sábado (29/01), mais uma ação contra milicianos que extorquiam moradores e comerciantes em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Dois criminosos foram presos em flagrante.

Segundo os agentes, a dupla foi capturada no interior de um estabelecimento comercial, no qual haviam acabado de exigir vantagem indevida. Eles estavam sendo monitorados pela equipe da delegacia há cerca de um mês, após o recebimento de denúncias.

Ambos fazem parte de uma organização criminosa que é liderada pelos milicianos Joel Carvalho, o “Baby”, e Leandro da Silva, o “Da Silva”. Eles foram presos em agosto do ano passado, em operação da especializada.

Na sexta-feira (28/01), agentes da Draco e da Subsecretaria de Inteligência (SSINTE) prenderam dois milicianos em flagrante pela mesma prática criminosa. Eles agiam contra comerciantes e moradores de Campo Grande, na Zona Oeste da capital. Eles são do bando de Luís Antônio da Silva Braga, o Zinho.

As ações são parte da FT-1000, a Força-Tarefa dos Mil Milicianos Presos, que tem o objetivo de combater as milícias mediante a prisão dos criminosos e asfixia das fontes de renda das quadrilhas.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo