Casos de PolíciaDenunciainvestigação

Rainha do Trem Bala fez parte de quadrilha que planejou matar juiz e delegado e tinha quatro PMs entre os membros

Uma investigação iniciada em 2015 aponta que a traficante Roberta da Rosa Vieira, a Rainha do Trem Bala, presa ontem, estava associada a uma quadrilha que planejou matar um delegado de polícia e também um juiz da comarca de Maricá.

Há um processo na Justiça sobre essa apuração que ainda não teve sentença. A ação tramita na Vara Criminal de Maricá.

O bando tinha como integrantes quatro policiais militares. Eles faziam a segurança do chefe da quadrilha, davam cobertura aos negócios ilícitos do grupo ou praticavam homicídios para a organização criminosa.

Na época, a função de Roberta era conseguir drogas e armas para a célula criminosa de São Gonçalo.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo