Casos de Políciacorrupção policialinvestigaçãoTerceiro Comando Puro

SEAP apura festa íntima para chefões do TCP em Bangu 4 e exonerou diretores

A Seap informa que a Corregedoria do órgão instaurou procedimento de apuração para investigar a possível entrada irregular de 15 visitantes para a realização de visita íntima na Penitenciária Jonas Lopes de Carvalho (Bangu IV), no Complexo de Gericinó, em Bangu, no último dia 23 de Dezembro, para presos vinculados à facção criminosa Terceiro Comando Puro (TCP), incluindo lideranças do grupo, como Menor P (chefe do Complexo da Maré), Bob do Caju (comandante do Complexo do Caju), Bamba, líder da Favela Para- Pedro, em Colégio e Raro, que comanda o Complexo da Pedreira. .


As investigações feitas pela Seap foram iniciadas no quatro de Janeiro, logo após o recebimento da denúncia. Nesta terça-feira (11/01), diretor, subdiretor e chefe de segurança da unidade foram exonerados e nove presos suspeitos de estarem envolvidos no caso foram transferidos para a Penitenciária de segurança máxima Laércio da Costa Pelegrino (Bangu 1).


A Seap ressalta que não compactua com qualquer irregularidade no interior das unidades prisionais e que a Corregedoria do órgão atuará, com o rigor que a lei permitir, para identificar e punir os envolvidos.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo