Casos de PolíciaDenunciainvestigaçãoOperação Policial

Segundo a Justiça, Bernardo Bello coagiu viúva de Adriano da Nóbrega por causa de colaboração premiada

Segundo os autos do processo contra a máfia dos jogos de azar alvo de operação hoje do Ministério Público Estadual, o contraventor Bernardo Bello teria praticado atos de coação contra Júlia Emília Mello Lotufo, viúva do capitão da PM Adriano Magalhães da Nóbrega, e sua família. 

Tais fatos, em tese, se deram no contexto da divulgação pública de possíveis tratativas de colaboração premiada entre Júlia e o MP. 

Nas investigações foram produzidos dados a partir da quebra do sigilo telemático demonstrando preocupação da organização criminosa com eventual avanço das tratativas de colaboração premiada. 

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo