Casos de PolíciaDenunciahomicídiosinvestigação

Suspeito de envolvimento nas mortes de militares carbonizados em SG é acusado de outros quatro homicídios

Flávio Igor Correia, o Igor Macumbinha, é um dos suspeitos de terem matado dois militares do Exército que tiveram os corpos carbonizados em São Gonçalo, no ano passado. Responde a processo pelo crime. Ele também é acusado de outros assassinatos. 

O inquérito nº 951-00630/2018, da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo aponta Macumbinha como o autor do homicídio contra a vítima Ruan Ferreira Pacheco, que também sofreu roubo do assassino. 

Um processo de 2019 que tramtia em São Gonçalo relata que Igor e comparsas interpelaram vítimas na saída de um baile e as fizeram se sentar no chão, frisando que as matariam se as mesmas fugissem.

No momento, passou uma motocicleta, tendo os denunciados mandado a moto parar; que, com medo, o motociclista tentou fugir; que os denunciados, então, passaram a desferir disparos de arma de fogo contra a motocicleta, tendo atingido fatalmente Felipe e Luiz Fellipe.

Os denunciados pegaram o telefone celular de um sobrevivente, bem como a motocicleta de Felipe; que após, foram todos embora.

Uma ação judicial de 2017 aponta Macumbinha como envolvido no assassinato de Gabriel França da Silva e na tentativa de homicídio contra A.L.S.J

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo