Casos de PolíciainvestigaçãoTerceiro Comando Puro

TCP executou por vingança líder do tráfico da própria facção em Campos. Além disso, matou primo, expulsou irmão e ameaçou assassinar todos os parentes

Felipe Alves dos Santos, o Da Roça, era líder de comunidades de Campos de Goytacazes ligadas ao Terceiro Comando Puro (TCP).


A mando da própria facção criminosa foi morto em 20 de junho de 2021 durante um festival de pipas na cidade.
A organização agiu por vingança pelo fato de, em fevereiro deste ano, Jean Pimentel Sinflório, vulgo ´Pezão´, ter sido assassinado em área que era dominada por Da Roça.


A família do traficante, porém, passou a viver momentos de terror após a morte de Felipe. A tia dele declarou que no enterro da vítima tomou conhecimento que integrantes do´TCP´ estariam a espreita para tirar a vida dos demais parentes.


O irmão de Da Roça foi expulso do bairro e até agora, não fora localizado para que, intimado, pudesse apresentar sua narrativa como testemunha do crime.


Um primo de Da Roça, que se chamava Leandro, foi executado pelos mesmos autores.

Foram acusados dos crimes os bandidos de vulgos Orelha, Zelinho, Biel, Loirinho, Bola, além de Márcio Matheus e Bryan, Leo, Popó, a maioria já presos. .

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo