Casos de PolíciainvestigaçãoOperação PolicialPrisão

Traficante de São Gonçalo que perdeu a perna durante um confronto com PMs foi preso dentro do Hospital Miguel Couto. Ele tentou matar comerciante

Agentes da 74ª DP (Alcântara) diligenciaram e prenderam, no inicio da manhã de ontem, 26/09/2022, segunda-feira, Leonardo Pereira Dias, vulgo LD, de 28 anos de idade.

Após monitoramento de inteligência, os Agentes da 74ª DP lograram êxito em localizar e capturar LD na capital do RJ, internado no Hospital Municipal Miguel Couto, no bairro do Leblon. Contra o mesmo, pendia um Mandado de Prisão expedido nos autos do processo n° 0093643-29.2022.8.19.0004, oriundo da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo/RJ.

LD possui atuação no tráfico de drogas da localidade denominada Guaxindiba, situada em São Gonçalo, exercendo a função de gerente do tráfico. Foi descoberto que LD se encontrava internado no citado nosocômio após sua perna ter sido amputada, em detrimento de confronto havido recentemente com a PMERJ no interior da Guaxindiba

Com perfil violento, LD foi o principal autor de um homicídio tentado, praticado contra um comerciante no dia 22/06/2022, no interior da própria Guaxindiba. Tal comerciante não aceitava se sujeitar às regras impostas pelo tráfico local, passando a ser alvo dos traficantes.

À ocasião, LD e demais comparas, todos já devidamente identificados e com mandado de prisão preventiva expedido, dirigiram-se até o bar de propriedade da vítima e, sem possibilitar qualquer chance de defesa, desferiram diversos disparos de arma de fogo contra a mesma. A vítima sobreviveu, contudo, acumulou diversas sequelas em razão do atentado sofrido.

Na mesma ação, foi ainda subtraída pelos marginais 01 (uma) pistola calibre .9mm, registrada, de propriedade do comerciante/vítima.

Após os fatos, o líder do tráfico de drogas da Guaxindiba, Leandro Oliveira dos Santos, vulgo Playboy, passou a ostentar nas redes sociais a pistola que fora subtraída na ação criminosa, referindo-se à mesma como um “presente”, numa clara atitude de deboche e desprezo à vida humana.

LD foi conduzido à sede da 74ª DP e será recolhido ao sistema penitenciário, à disposição da Justiça. As diligências seguem, com o intuito de capturar os demais envolvidos.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo