Casos de PolíciaComando VermelhoViolência

Traficante foi flagrado pela polícia torturando a mulher com chinelada no rosto e cortando seus cabelos. Ia bater nela com um cassetete

Um processo que tramita em sigilo no Juizado Especial de Três Rios revela que um dos chefes do tráfico da comunidade Purys, em Três Rios, ligado ao Comando Vermelho, torturou a companheira para fazê-la confessar um relacionamento amoroso.

O bandido deu chineladas no rosto da mulher e cortou seus cabelos, sem a sua autorização, dentre outras agressões.

Testemunhas contaram que ouviram a vítima gritando por socorro ao chegarem no local, e não conseguiram entrar pelo portão, que estava trancado e escorado com um pedaço de madeira.

Os policiais relataram, ainda, que, apesar de não encontrado nada ilícito na residência, o suspeito seria uma pessoa de extrema periculosidade e que, ao entrarem no imóvel presenciaram ele no sofá da sala, cortando o cabelo da vítima com uma tesoura, estando a mesma chorando e pedindo socorro, apresentando vários hematomas e lábios inchados.

Destacaram que havia um cassetete próximo ao bandido, que teve a prisão preventiva decretada.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo