apreensãoCasos de PolíciaDenunciainvestigaçãoOperação PolicialPrisão

Traficante preso em Senador Camará disse que foi torturado por PMs e teve até dente quebrado. Justiça mandou Corregedoria apurar

Um traficante preso na Favela do Sapo, em Senador Camará, na Zona Oeste do Rio, em fevereiro, disse em depoimento ter sido torturado por PMs.

Segundo seu relato, foi agredido com um saco na cabeça, o desmaiaram quatro vezes, lhe deram mata leão, foi agredido com socos, seu dente foi quebrado. 

Falou que havia cerca de 10 policiais no local, mas não sabe quantos o agrediram ou o nome deles. Dois eram carecas, um baixo, outro alto, havia policiais brancos. 

De acordo com o suspeito, os policiais que o agrediram não foram os mesmos que o levaram à Delegacia.

O juiz que cuida do caso determinou que fossem encaminhadas cópias dos autos para a Promotoria de Justiça que atua junto à Auditoria Militar e à Corregedoria da Polícia Militar. 

O traficante, vulgo Falzinho, teve a prisão preventiva decretada. Ele portava 1 carregador – Calibre 5.56 x 45 mm, 1 cartucho de munição – Calibre (7,62), 3 munições CBC – Calibre (5,56 mm), 1 luneta para fuzil, 1 binoculo cinza, 2 unidades de toucas ninjas e 2 capas de colete.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo