Casos de PolíciahomicídioinvestigaçãoTerceiro Comando Puro

Traficantes da Primavera (TCP) mataram rapaz só porque ele se recusou a emprestar moto a um deles

Traficantes do Morro da Primavera, em Cavalcanti, na Zona Norte do Rio, mataram um homem no ano passado somente porque ele havia se recusado a emprestar sua motocicleta a um deles. 


Três suspeitos, identificados pelos vulgos Trakina, Xandy ou Trovão, Neguinho e Bategol) .

De acordo com a denúncia, no dia 23 de abril de 2019, no bairro de Cavalcante os acusados, de forma livre e consciente, com vontade de matar, e em comunhão de ações e desígnios entre si, teriam, em tese, efetuado disparos de arma de fogo contra a vítima Matheus Luiz Pyrrho dos Santos, causando-lhe as lesões descritas no laudo de exame de necropsia que, por sua natureza e sede, foram a causa única e eficiente de sua morte. 


Consta da inicial acusatória que o delito teria sido cometido porque a vítima teria se recusado a emprestar sua moto ao acusado Xandy. 


Na ocasião dos fatos Matheus e sua namorada estariam se dirigindo a uma festa quando foram abordados por elementos que seriam integrantes da facção criminosa Terceiro Comando Puro – TCP, que agrediram a vítima e depois atiraram nela.


 Narra também a denúncia que, em data inicial que não se pode precisar, mas sendo certo que até o dia 23 de abril de 2019, os réus , com vontade livre e consciente, associaram-se entre si e com outros elementos ainda não identificados, de modo estável e permanente, todos pertecentes à facção criminosa TCP, para a prática reiterada do crime de tráfico de drogas, no interior da Comunidade da Primavera,

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo