apreensãoAssaltoCasos de PolíciaComando VermelhoinvestigaçãoPrisão

Tráfico na Nova Holanda (CV) empresta armas para ladrões de celular e exige divisão de lucros com a venda da cargas roubadas

Uma ação conjunta de da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC) e da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), nesta segunda-feira (19/10), estourou um estabelecimento comercial e encontrou um revendedor comercial informal que revendiam aparelhos celulares roubados de uma carga avaliada em R$ 65 mil, no dia 31 de julho deste ano, em São Cristóvão, na Zona Norte. A ação aconteceu em diversos bairros do Rio e no município de Friburgo, onde foi estourada uma loja de revenda de telefones no bairro Olaria. Foram apreendidos aparelhos de telefone, que eram vendidos por valores de até R$ 5.500, alguns lacrados na caixa.

De acordo com os agentes, quatro pessoas foram presas hoje e outras duas ao longo das investigações, que apontaram que o crime foi cometido por uma quadrilha especializada em roubo de aparelhos oriunda da comunidade Nova Holanda, no Complexo da Maré. A apuração apontou que o tráfico de drogas empresta armas e dá apoio logístico na realização dos roubos, em troca da divisão do lucro da venda da carga.

A DRFC vem atuando em uma força-tarefa junto com outras delegacias especializadas e distritais da capital, Baixada e 4º DPA na prevenção e repressão a roubos de cargas. A especializada disponibiliza, ainda, o número para denúncias e informações (021) 2202-0510, garantindo o anonimato.

Mostrar mais

PUBLICIDADE

Aguarde 10 segundos e clique em fechar publicidade para visualizar a notícia.

Botão Voltar ao topo