Tráfico no Muquiço (TCP) estaria roubando vans de passageiros e cobrando R$ 7 mil para devolver em uma hora, aponta denúncia

Depois das denúncias de cobranças a motoristas de vans, moradores e comércios, surgiram novas acusações contra traficantes da comunidade do Muquiço, em Guadalupe, na Zona Norte do Rio.

Segundo informes que chegaram ao conhecimento do site Guadalupe News, os bandidos estariam supostamente roubando vans com passageiros, levando para dentro da favela e cobrando R$ 7.000 para devolver.

Se o dinheiro não for entregue em uma hora, o veículo é levado para ser cortado.

Outra denúncia é que os traficantes estariam intensificando o roubo de carros. Por cada turno de plantão, os bandidos têm que roubar pelo menos quatro veículos.

Os traficantes também, de acordo com as denúncias, teriam desligado todas as antenas de telefonia que tinham no bairro e estariam supostamente cobrando R$ 10 mil por novas instalações.

O traficante Carlos Eduardo Barros de Oliveira, o Grisalho, oriundo de São Gonçalo, estaria dando as cartas na região com o aval do chefe do tráfico, Bruno da Silva Loureiro, o Coronel.