AssaltoCasos de PolíciainvestigaçãoOperação PolicialPrisão

Veja um por um os furtos de combustíveis de dutos da Transpetro praticados por quadrilha desarticulada no início do ano

No início deste ano, a polícia fez operação para capturar integrantes de uma quadrilha especializada em furar dutos de combustíveis da Transpetro, subsidiária da Petrobras, localizados na Baixada Fluminense. 

Os autos do inquérito trazem como se deram pelo menos três furtos de combustíveis praticados pelo bando.

O primeiro deles ocorreu em 7 de junho de 2020, na Fazenda Bonfim, 

 situada em Jardim Anápolis, Guapimirim/RJ. Os criminosos subtraíram 101 mil litros de petróleo do duto OSDUC  causando um prejuízo de R$248.479,73, conforme Relatório de Derivação de fls. 185/188. 

Os suspeitos não identificados, após perfurarem o duto e colocarem uma válvula de engate rápido e mangote, subtraíram o petróleo, colocando-o em carretas-tanques. 

Para essa empreitada, o denunciado Jorge Dias Braga providenciou a escavação do local para se chegar ao duto, e transportou o maquinário necessário para a respectiva trepanação. José Carlos da Silva transportou parte do petróleo subtraído até o destinatário final, Walmir Aparecido Marin.

Gilson Cunha Júnior e Marcelo Queiroz dos Anjos escolheram o duto a ser furado e arcaram com os custos da empreitada. Marin  recebeu em proveito próprio o petróleo subtraído do duto da Transpetro no exercício de atividade comercial da sua empresa.

 O segundo furto foi no dia 20 de setembro de 2020, entre 1h e 2h, em uma área rural no bairro Barão de Guandu, Nova Iguaçu/RJ. Foram subtraídos  47,5 mil litros de petróleo do duto ORBIG 40´13,  causando um prejuízo de R$580.886,44, . O mesmo modus operandi foi praticado com os mesmos suspeitos tendo a mesma função.

O terceiro ocorreu nos dias 29 e 30 de setembro de 2020, entre 1h e 2h, na Estrada Antônio Soares, 18, no bairro Parque Santiago, Queimados/RJ, subtraíram para si e para outrem pelo menos 21 mil litros de petróleo do duto ORBIG 40´20, causando um prejuízo de R$393.340,81. A ação foi feita da mesma forma das anteriores e os mesmos indivíduos de antes tiveram participação

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo