Amigo dos AmigosCasos de PolíciaComando VermelhoGuerra entre facçõesinvestigaçãomilícia

Vinte nove indiciados no inquérito que apura guerra no Dezoito, entre eles Coelho, Léo Empada e HO

-Vinte e nove suspeitos foram indiciados no inquérito que apura a guerra entre traficantes e milicianos pelo controle do Morro do Dezoito, em Água Santa, na Zona Norte do Rio, iniciada no ano passado.

O caso já até virou processo que tramita na 33ª Vara Criminal da Capital do TJ-RJ.

Entre os indiciados há chefes do tráfico como Anderson Rosa Mendonça, o Coelho, dono das bocas de fumo do Complexo de São Carlos, no Estácio, na Região Central do Rio e preso há vários anos, Leonardo Miranda da Silva, o Léo Empada, frente do São Carlos, Honório Pereira de Jesus, o HO, atual chefe do tráfico no Dezoito e Alexandre Bandeira de Melo, o Piolho, antigo dono dos pontos de vendas de drogas do Dezoito.

O Morro era dominado pela milícia juntamente com o Terceiro Comando Puro (TCP) e traficantes da facção criminosa Amigos dos Amigos (ADA) tentava recuperá-lo.

Entretanto, os bandidos da ADA, como HO, passaram para o Comando Vermelho (CV) e tomaram o controle da favela.

Traficantes do São Carlos, então, liderados por Marcelo Bernardino da Costa, o Limão da 40 (outro indiciado), tentaram recuperá-lo e a guerra se arrastou.

Mostrar mais

PUBLICIDADE

Aguarde 10 segundos e clique em fechar publicidade para visualizar a notícia.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Encontramos um bloqueador de anúncios em seu navegador. Desabilite-o para navegar