AcidentesCasos de PolíciaTiroteio

Viúva de vitimas do acidente diz que militares “ficaram de deboche”


Viúva diz que moradores chegaram a tentar socorrer seu marido, Evaldo Rosa, mas militares continuaram atirando. ‘Perdi meu melhor amigo’, lamentou Luciana Nogueira.

Luciana Nogueira, que ficou viúva no acidente que tiveram mais de 80 tiros disparados contra o carro de uma família. Ela, que estava dentro do carro, se emociona ao lembrar o pedido do filho para ver uma foto do pai, questiona o motivo do exército ter disparado contra seu carro.

“Meu filho estava no carro, presenciou toda ação. Ele quer a foto do pai. Eu falei que o pai está no hospital. Por que o quartel fez isso? Os vizinhos começaram a socorrer, mas eles continuaram atirando. E falei: ‘moço, socorre o meu esposo’. Eles não fizeram nada e ficaram de deboche“, disse ela, emocionada.

Luciana informou a reportagem no local, que estavam a caminho de um cá de bebê, e optaram por fazer aquele caminho por questões de se sentir seguros devido ao quartel do exército.

Nesta segunda – feira, (08/04), 10 dos 12 militares presentes na ação, foram presos após prestarem depoimento sobre a ação. A investigação do caso ficará sob a responsabilidade da justiça militar.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo