coronavirus

Novo lote da vacina CoronaVac para uso emergencial é liberado pela Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, na tarde desta sexta-feira, dia 22, por unanimidade o pedido emergencial para o novo lote da vacina CoronaVac. Diferentemente do lote aprovado no domingo passado que foi importado da China, essas novas vacinas foram produzidas no Brasil pelo Butantan.

Como no domingo passado, a reunião da Diretoria Colegiada (Dicol) iniciou com as recomendações dos diretores das áreas técnicas da Anvisa, que apresentaram dados da vacina e aprovaram o novo lote.

A primeira a votar, a diretora Meiruze Freitas, relatora do pedido de uso emergencial da CoronaVac, pontuou a segurança do novo lote da vacina. “Após avaliação, ressalvadas algumas incertezas ainda existentes pelo estágio em desenvolvimento da vacina, os benefícios da vacina superam os riscos. A vacina CoronaVac atende aos critérios de segurança, qualidade e eficácia para o uso emergencial”, disse ela.

Pre Cadastro Vacina Sp Coronavac
Foto: Reprodução/Governo do Estado de São Paulo

Esse documento, portanto, deve complementar as informações referentes à imunidade conferida aos voluntários que receberam a vacina na terceira fase de desenvolvimento clínico. Para este novo lote, a relatora do pedido disse que para a aprovação das doses envasadas pelo Butantan, com frasco multidose, foi aprovado o prazo provisório de 12 meses.

– Mesmo em um cenário de incerteza, uma vacina contra a Covid-19 segura, capaz de prevenir e reduzir mortalidade e morbidade, pode ser autorizada para uso emergencial, em especial no contexto dessa pandemia, disse.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo