Diversos

Lei que proíbe sacolas plásticas já está valendo no Rio

O Rio espera reduzir para cerca de 3 bilhões por ano o número de sacolas plásticas em circulação no estado.

A partir desta quarta-feira, entra em vigor a lei que proíbe a distribuição e a venda de sacolas descartáveis em estabelecimentos comerciais.

Segundo a Associação de Supermercados fluminense, o consumo atual das sacolas convencionais, produzidas 100% com petróleo, é de 4 bilhões por ano.

Com a proibição, os mercados passarão a oferecer novas sacolas, produzidas com pelo menos 51% de fontes renováveis, como milho e cana, que poderão ser reutilizadas por até 50 vezes.

“Hoje, o maior problema é o lixo descartado de forma incorreta nos rios que desembocam na baía, onde temos verdadeiras ilhas de plástico”, afirmou.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo