Diversos

Mãe faz rifa para reconstrução da boca de bebê e mobiliza a internet

Familiares de um bebê de apenas um mês de vida, morador de Registro, no interior de São Paulo, estão mobilizando a web com a rifa de um tablet.

A venda do aparelho ajudará no tratamento de Oliver Alves, que nasceu com uma malformação no lábio e céu da boca e, agora, terá acompanhamento médico em Santos, a 180 km de distância.

problema de Oliver é conhecido como fenda labiopalatina, ou lábio leporino, e consiste na malformação do palato (céu da boca) e do lábio superior, que nascem abertos.

Silene Oliveira, mãe do menino, descobriu o problema na trigésima semana de gestação e contou ao G1 que, de cara, tomou um susto.

“Naquele momento, eu só conseguia pensar como ele ia respirar, se ele ia poder mamar, como seria sua vida quando crescesse, a reação das pessoas quando eu saísse com ele na rua, se elas teriam preconceito”, contou.

Apesar do diagnóstico tê-la deixado apreensiva, o nascimento de Oliver, que apesar do problema veio ao mundo saudável, amenizou a preocupação.

“Primeiro, tentamos em Curitiba, mas fomos informados que, por morarmos em São Paulo, a referência de tratamento seria Bauru, no interior, e Santos, onde optamos justamente por ser mais próximo”, disse.

tratamento é feito pelo Sistema Único de Saúde (SUS), e Oliver passará pela primeira consulta em 14 de maio, onde, segundo Silene, será avaliado por um cirurgião pediátrico e psicólogo.

Apesar da parte médica ser gratuita, o custo para se manter o tratamento, compra de medicamentos e viagens, devido os 180 quilômetros que dividem as cidades, são altos.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo