Diversos

Mandado de segurança preventivo é solicitado pela Bienal do Livro

A Bienal do Livro entrou com um pedido de mandado de segurança preventivo no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), nesta sexta-feira, a fim de garantir o pleno funcionamento do evento e o direito dos expositores de comercializar obras literárias sobre as mais diversas temáticas – como prevê a legislação brasileira.

O episódio, por sua vez, ocorreu após o prefeito Marcelo Crivella determinar que a história em quadrinho “Vingadores – A Cruzada Das Crianças” fosse recolhida da Bienal, por mostra duas pessoas do mesmo sexo se beijando.

Entre sexta e domingo, nos últimos dias do evento, a Bienal recebe autores, artistas, pensadores e acadêmicos do Brasil e exterior para participar de 39 painéis sobre os mais variados temas, como fake News, felicidade, ciências, maternidade, teatro, literatura trans, LGBTQA+ e muito mais.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo