Economia

Crise financeira? Globo reduz salário de estrelas após prejuízo milionário.

Após ter uma queda de 15% no seu faturamento nos últimos cinco anos e de ter somado um prejuízo em suas operações de meio bilhão de reais em 2018, a Globo passou a adotar uma política salarial mais dura com suas maiores estrelas.

Apresentadores, locutores e atores do primeiro time estão sendo chamados desde o segundo semestre do ano passado para renovar contratos por salários menores. Alguns, como Otaviano Costa, não aceitaram e não fazem mais parte do elenco da emissora.

Os executivos da Globo argumentam que a realidade do mercado mudou com a queda nas receitas vindas de publicidades e a concorrência com os serviços de streaming. Altos salários se tornaram insustentáveis e precisam ser reduzidos

Casos como o de Galvão Bueno, e o da atriz Fernanda Montenegro, assim como Fausto Silva e Ana Maria Braga, fazem parte de uma seleta lista de profissionais que recebem acima do teto salarial definido pela direção da emissora a seus artistas e executivos. Agora, são raros os contratados que recebem mais de R$ 100 mil.

Galvão que teve seu contrato renovado até o fim de 2022. Aceitou reduzir seu salário que em algums momentos já foi de mais de R$ 1 milhão, para algo em torno de R$ 500 mil. Em compensação, a emissora promete liberar o quanto antes os jornalistas esportivos de fazerem campanhas de publicidade, o que pode gerar receita até maior para os profissionais

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo