Economia

Mais de meio milhão de trabalhadores não querem sacar o FGTS

Cerca de 588 mil trabalhadores não querem sacar os R$ 500, por conta vinculada, e solicitaram o desfazimento do crédito automático do saque imediato do FGTS.

Nesta terça-feira, dia 17, a Caixa ainda abrirá duas horas mais cedo — a maioria das agências às 8h — para o atendimento dos trabalhadores que vão sacar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.

Em 9 de outubro, será vez dos poupadores nascidos de setembro a dezembro, quem não tem conta na Caixa começará a sacar o dinheiro a partir do dia 18 de outubro, obedecendo ao calendário que leva em conta a data de aniversário dos trabalhadores.

A liberação dos saques de até R$ 500 do FGTS será maior nos meses de setembro e outubro deste ano (incluindo poupadores e não poupadores), segundo um balanço divulgado pelo Ministério da Economia.

Serão R$ 17,7 bilhões liberados para 44,3 milhões de trabalhadores, de um total de R$ 39,8 bilhões para 96,5 milhões de pessoas (até o fim do calendário).

Nos meses de setembro e outubro deste ano, estão previstos os saques dos beneficiários com conta poupança da Caixa que terão o dinheiro depositado automaticamente e o início dos saques para quem não tem conta na Caixa e nasceu em janeiro ou fevereiro.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo