EntretenimentoEsportesMundoNotícias
Tendência

Casemiro será capitão da Seleção contra a Bolívia, mas Tite não define dono da braçadeira

O volante Casemiro será o capitão da seleção brasileira na estreia das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, contra a Bolívia. O jogo acontece às 21h30 desta sexta-feira, na Neo Química Arena, em São Paulo.

Em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira, o técnico Tite anunciou o volante do Real Madrid como dono da braçadeira, mas deixou o posto em aberto para as próximas partidas.

– O capitão para o jogo de amanhã é o Casemiro. Essa situação, até por não ter o Dani (Alves), fica sems uma determinação. Então para esse jogo especificamente vai ser o Casemiro, é um dos capitães, uma das liderenças que a gente tem – declarou o treinador.

Na última competição disputada pela Seleção, a Copa América do ano passado, Daniel Alves vestiu a braçadeira. Desta vez, porém, o lateral-direito do São Paulo não foi convocado por estar voltando de lesão.

Antes de Daniel se tornar o capitão, Neymar era quem exercia a função. Porém, Tite decidiu mudar depois da agressão do atacante do PSG a um torcedor na final da Copa da França, no meio do ano passado.

Neymar herdou a faixa pela primeira vez logo depois da Copa do Mundo de 2014 e manteve durante toda a passagem de Dunga, mesmo após ter sido expulso e suspenso da Copa América de 2015. Capitão também na Olimpíada de 16, ainda no gramado do Maracanã, minutos após a conquista da medalha de ouro, desabafou e disse que não gostaria mais de exercer a função.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

Tite assumiu a Seleção principal e aderiu ao rodízio de capitães. Neymar só viria a usar a faixa na nona partida sob comando do técnico, contra o Paraguai, na Arena Corinthians.

No fim da Copa do Mundo de 2018, Tite abriu mão do rodízio e determinou o camisa 10 como capitão fixo da Seleção. Segundo ele, a intenção era dar ao atacante uma demonstração de confiança depois das críticas mundiais recebidas pelo seu comportamento na Rússia, mas também atribuir mais responsabilidades ao principal jogador da equipe.

Casemiro tem 60 convocações e 46 jogos pela Seleção, além de três gols marcados. O volante já havia sido capitão em outras quatro oportunidades:

  • Bolívia 0 x 0 Brasil, em 5 de outubro de 2017, pelas Eliminatórias
  • Brasil 1 x 1 Panamá, em amistoso em 23 de março de 2019
  • Brasil 3 x 1 República Tcheca, em amistoso em 26 de março de 2019
  • Brasil 0 x 1 Peru, em amistoso em 10 de setembro de 2019

Depois de encarar a Bolívia, o próximo compromisso brasileiro é na terça, contra o Peru, em Lima.

Fonte
globoesporte
Mostrar mais

PUBLICIDADE

Aguarde 10 segundos e clique em fechar publicidade para visualizar a notícia.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Encontramos um bloqueador de anúncios em seu navegador. Desabilite-o para navegar