Flamengo

Flamengo é condenado a pagar R$ 600 mil de indenização ao atacante Everton

O Flamengo sofreu uma derrota nos tribunais e foi condenado a pagar uma indenização ao atacante Everton Cardoso, que atualmente defende o Grêmio e deixou o Flamengo para atuar pelo São Paulo.

De acordo com uma publicação do portal “Esporte News Mundo”, o atacante cobrava uma indenização de R$ 4.487.922,18 do Flamengo por diferenças de 13º salário, férias acrescidas de 1/3, FGTS e descanso semanal remunerado.

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

O juiz Leonardo Campos Mutti acatou somente o pedido do segundo contrato entre Everton e o Flamengo, praticamente anulando o pedido de Everton sobre indenização no primeiro contrato com o clube.

O Flamengo foi condenado ao pagamento dos reflexos dos valores recebidos por Everton a título “bichos” e “luvas” sobre o repouso semanal remunerado. O juiz também apontou que o atleta não recebia folga em semanas com dois jogos, além de não receber folga compensatório por feriados trabalhados.

O Flamengo também foi condenado na sentença devido ao atraso no pagamento das férias entre as temporadas 2017 e 2018. Everton jogou por duas vezes no Flamengo: entre 2008 e 2009 e entre 2014 e 2018. No total, o meia vestiu a camisa rubro-negra em 265 partidas e marcou 39 gols. Atualmente Everton defende o Grêmio desde 2020.

Fonte: Cenário MT

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo