Flamengo

Marcos Braz revela surpresa com saída de Jorge Jesus e dá respaldo a Rogério Ceni

O vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, participou do programa Arena SBT e comentou sobre a saída de Jorge Jesus do Flamengo, garantindo ter ficado surpreso com a saída do português de forma repentina do comando do time.

– Acho que talvez a gente não precisasse ter feito a renovação. Já que fez, evidente que me pegou de surpresa [a saída para o Benfica] na sequência. Mas acho que ele tem esse crédito, a torcida do Flamengo tem que dar esse crédito a ele, afirmou o cartola.

Alexandre Vidal / Flamengo/Direitos Reservados

Além de comentar sobre a saída de Jorge Jesus, Marcos Braz foi perguntado sobre a situação de Rogério Ceni a frente da equipe e além de fazer muitos elogios ao atual comandante, garantiu que o treinador tem o respaldo da diretoria.

– Nome do Rogério sempre foi bem aceito aqui no Flamengo. Era um nome que eu confiava dentro dos técnicos mais novos. Era um técnico que a gente acreditava que poderia vir bem no Flamengo. No meio do processo, teve um determinado momento que precisou dar um maior apoio, mas ele é um grande técnico, trabalhador, correto, com metodologia de trabalho muito boa. Seus auxiliares também. Tá aqui há 6 ou 7 meses com dois títulos. Acho que foi uma boa escolha, defendeu.

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Além de defender Rogério Ceni, Marcos Braz também falou sobre a cobrança excessiva que Rogério Ceni sofre por parte da torcida do Flamengo e coloca as cobranças no tamanho da torcida, chegando até a falar que o torcedor está “mal acostumado”.

– Torcida do Flamengo, com a grandeza que tem, sempre vai cobrar dessa maneira. Essa cobrança um pouco acima do tom no Rogério é muito em função das conquistas recentes que a gente teve. Talvez isso esteja deixando o torcedor do Flamengo mal acostumado, finalizou Braz.

Fonte: Cenário MT

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo