EsportesFlamengo

Jorge Jesus tem pedido de Witzel para não ir embora por conta da violência

O governador Wilson Witzel, que com frequência vai aos jogos do Flamengo no Maracanã, ficou incomodado ao saber que o técnico do time, Jorge Jesus, cogita deixar o Rio de Janeiro após o fim do ano por temer a violência.

Witzel pretende conversar pessoalmente com o português, que vive boa fase no comando do Rubro-Negro, para tentar convencê-lo a ficar no estado.

Ele terá paz para fazer o melhor pelo Flamengo — disse Witzel ao EXTRA, confiante de que tranquilizará o técnico e o convencerá a ficar no Rio.

O governador tem usado suas redes sociais para divulgar a redução no número de homicídios no estado, embora a quantidade de mortos em confronto com a polícia tenha atingido o nível mais alto desde o início da série histórica.

Procurado pela imprensa brasileira, Jorge Jesus preferiu não comentar a declaração do jornalista português.

O técnico tem contrato com o Flamengo até junho de 2020, mas a diretoria do clube e Jesus combinaram de, em dezembro, conversar para decidir se ambos estarão com vontade de dar seguimento à comunhão.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo