Esportes

Na volta de Messi, Venezuela vence Argentina pela segunda vez na história

Resumo

Foram quase nove meses de espera. Tempo para descansar, aliviar a pressão, repensar. Mas a dramática história de Messi com a Argentina não tem fim. É bem verdade que foi só um amistoso. Mas no retorno do camisa 10, a Albiceleste perdeu para a Venezuela por 3 a 1, no Estádio Metropolitano de Madri. Não foi uma derrota qualquer. Foi com uma grande atuação da Vinotino, que venceu o rival apenas pela segunda vez em 25 jogos na história. Pela primeira vez, os argentinos levaram três gols dos venezuelanos.

COM DIREITO A OLÉ!

Não foi acidente. Foi uma vitória com autoridade. A Venezuela mostrou por que é uma das equipes sul-americanas que mais evoluiu na década. Bem treinada por Rafael Dudamel, a Vinotinto tinha no trio de ataque a sua força. Rondón, Murillo e Machís infernizaram os argentinos. Abriu 2 a 0 no primeiro tempo com duas jogadas de contra-ataque e lindas finalizações de Rondón e Murillo.

Messi tentou. Criou chances, finalizou e viu as esperanças de uma virada no início do segundo tempo, quando Lautaro empatou. Mas Josef Martínez, em uma incomum cobrança de pênalti, fez o terceiro da Venezuela e deu a chance para os venezuelanos, maioria no Estádio Metropolitano, gritarem “olé” contra Messi.

 

 

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo