Esportes

Patrocinadora discorda de acerto com Robinho e rescinde com o Santos

Robinho sorri em treino no Santos
Imagem: Ivan Storti/Santos FC

A Orthopride rompeu o contrato de patrocínio com o Santos. O acordo para o número da camisa do Peixe era válido até fevereiro de 2021.

A decisão da rede de franquia de ortodontia tem a ver com a contratação de Robinho. O atacante foi condenado em primeira instância por violência sexual e recorre na Justiça Italiana. Há outros dois “níveis” de defesa.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“Nós temos enorme respeito pela história do Santos. Mas neste momento decidimos pelo rompimento do contrato de patrocínio. Nosso público é majoritariamente feminino e, em respeito às mulheres que consomem nossos produtos, tivemos que tomar essa decisão. Queremos deixar claro que não fomos informados previamente sobre a contratação de Robinho, fomos pegos de surpresa pela imprensa no fim de semana”, disse Richard Adam, diretor de operações da Orthopride, ao GE.Robinho chega para a quarta passagem pelo Santos. Ele ainda está no processo de recuperação física

Gazeta Esportiva apurou que o Santos não foi notificado por nenhum outro parceiro pela possibilidade de rescisão. Mesmo assim, o Peixe teme por “efeito dominó” e busca diálogo com as empresas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Os demais patrocínios no uniforme são: Philco (costas), Oceano B2B (barra frontal), Foxlux (barra traseira), Tekbond (esterno), Casa de apostas (omoplata), Kicaldo (mangas), Unicesumar (calção) e Kodilar (meião).

Robinho tem 36 anos e assinou contrato até fevereiro de 2021. Ele está livre para desempenhar sua profissão.

Fonte
Gazeta Esportiva
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo