Vasco

Carlos Osório garante que Vasco segue na disputa para administrar o Maracanã

Vice-presidente do Vasco da Gama, Carlos Roberto Osório garantiu que o Gigante da Colina segue firma na briga para poder administrar o estádio pelos próximos 35 anos. Nesta quinta-feira (29), Governo do Estado do Rio de Janeiro prorrogou nesta quinta feira (29/4), por mais seis meses o contrato de concessão do Maracanã para Flamengo e Fluminense.

Tal fato colocou uma pulga atrás da orelha dos vascaínos, que colocaram em cheque a possibilidade do Cruzmaltino ainda seguir na disputa pela gestão da arena. Em entrevista à Rádio Tupi, Osório tratou de tranquilizar os torcedores e elucidou a a manobra que resultou na extensão do contrato com os rivais.

– O Vasco participará do edital de licitação para concessão do Maracanã. O presidente Jorge Salgado e eu estivemos com o governador Cláudio Castro para apresentar oficialmente a intenção do Vasco de participar da licitação do Maracanã. Tivemos também reunião de trabalho na semana passada com o secretário de Esportes, no qual abordamos a questão do Maracanã, do interesse do Vasco e essa movimentação que foi anunciada hoje da prorrogação do contrato de Flamengo e Fluminense, um contrato temporário por mais seis meses, é uma movimentação normal. O Governo do Estado prepara o edital de concessão, o Maracanã está sem concessão desde que a Odebrecht foi excluída , e o governo está preparando o edital que deve ficar pronto dentro de 60 dias. O contrato de Flamengo e Fluminense termina agora no início do mês [Maio], então era necessária a prorrogação por seis meses para dar tempo para conclusão do processo licitatório.

O dirigente também atualizou a situação da reforma de São Januário e explicou como o Clube pretende gerir o mando das partidas em ambos os estádios.

– São Januário é a casa do Vasco e nós temos todo interesse em levar adiante o projeto que recebemos da administração anterior para renovação e ampliação do nosso estádio. Esse projeto está em andamento e nós temos discussões com parceiros privados para trabalharmos no detalhamento do projeto e, posteriormente, levar o projeto a autorização das autoridades municipais, enquanto se trabalha na estrutura de financiamento dessa reforma. O retorno do Vasco para o Maracanã é estratégico para isso. O Vasco vai ter uma posição privilegiada entre os demais clubes do Rio, ele tem seu estádio e mandará os jogos que entender nele e também terá o palco do Maracanã para mandar os jogos que julgar necessário. Isso certamente vai gerar um aumento de receita para o Clube e o o conforto de nossa torcida.

A intenção do governador Cláudio Castro, já sinalizada anteriormente, é de que somente os clubes do Rio participem da concorrência. O chefe do executivo estadual não quer a volta do modelo antigo, quando uma empresa privada geria o Maracanã e o alugava para as partidas. Paralelamente, Castro rejeitou a manutenção do atual formato, que tem Flamengo e Fluminense como os gestores do complexo do Maracanã, que inclui ainda o Maracanãzinho, o Estádio Célio de Barros, e Parque Aquático Júlio Delamare.

Fonte: Vasco Notícias

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo