Carnaval

Mangueira traz Jesus Mulher, interpretada pela rainha da bateria e divide opiniões

Anteriormente, a escola Unidos do Viradouro não mediu seus esforços para disputar pelo título. O seu desfile surpreendeu, mas em sua comissão de frente, a escola precisou encontrar um caminho para escapar a crise do abastecimento de água que aniquila o Rio desde o início deste ano.

Em abertura da homenagem ao grupo Ganhadeiras de Itapuã, surgiu um aquário de 750 mil litros de água no qual uma nadadora de nado sincronizado cativou o público com movimentos submersos no aquário.

E Isso só se tornou possível pois a escola contratou dois caminhões pipa com água mineral para encher o aquário.

Na primeira noite de desfiles na Sapucaí, a escola Estácio, que voltou ao Grupo especial nesse ano, fez o necessário para sair do rebaixamento, com seu enredo Pedra, a escola enfrentou a dificuldade financeira para construírem sua apresentação, no seu 50° desfile na Sapucaí.

Portanto, os carros pecaram com irregularidades, alguns carros foram pobres na decoração. O samba enredo, bem acelerado não conquistou muito a platéia.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo