Mundo

Caçador é comido por leões após ser pisoteado por elefantes na África do Sul


Foto: Wikicommons/cannedlion e Gettyimages via: takepart

Um caçador de rinocerontes foi comido por um grupo de leões após ser pisoteado por um elefante. O caso ocorreu no Parque Nacional Kruger, na África do Sul.

A família da vítima foi avisada por outros caçadores, que ele havia sido morto após ser pisoteado por um elefante na terça-feira.

Após ser notificada pelos parentes da vítima, autoridades realizaram uma busca pelo parque e encontraram um crânio humano e um par de calças, na quinta-feira.

“Entrar no Parque Nacional Kruger ilegalmente e a pé não é (uma decisão) inteligente”, diz. “Há muitos perigos e esse incidente é prova disso”.

Os caçadores ilegais frequentam o parque com o intuito de caçar rinocerontes, onde retiram seus chifres e vendem para países asiátios, que acreditam que o chifre do animal tenha propriedades medicinais.

Autoridades aeroportuárias aprenderam no último sábado, em Hong Kong, na China, um chifre de rinoceronte avaliado em U$ 2,1 milhões, aproximadamente R$ 8,14 milhões. Foi o maior chifre encontrado nos últimos 5 anos.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo