Notícias

Cansada de assédio em rede social, dona de espaço de bronzeamento avisa: ‘Vou tirar print e postar aqui’

É só mostrar a marquinha que os comentários já começam: “Ai que delícia, tira essa fita”.

Segundo Alessandra de Barros, de 30 anos, estes são somente alguns dos “clássicos” que os homens disparam, logo após ela postar fotos das clientes que fazem o bronzeamento.

Cansada de assédios, que ocorrem há três anos, a empresária avisa que vai agora tirar prints e mostrar quem são estas pessoas.

Ou então eu fecho com alguma modelo, tenho muitas seguidoras nas redes sociais e as fotos geram milhares de visualizações”, comentou.

Eu fico muito incomodada mesmo e, se eu for parar para denunciar, vou viver na delegacia”, ressaltou Barros.

Além das redes sociais, a empresária conta que também divulga o trabalho em classificados na internet.

Eles parecem que não tem noção de que estamos ali para trabalhar e eu até pensei em atender ao público masculino no início, mas, não deu certo porque não respeitam e sempre levam para o outro lado.

Atualmente, Lêssa ressalta que evita tirar fotos do bumbum das clientes e ainda pede a eles para protegerem o seio.

Eu, como atendo no sol, trabalho de calça legging, tênis e blusa de manga comprida.

Eu não me sinto protegida e penso que, se não for o ensinamento dentro de casa, desde pequenos, isso não terá fim”, ressaltou.

Se for comprovado, o assediador pode responder pela contravenção com pena que chega a 2 anos de reclusão.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo