Notícias

Na Zona Sul, academia Equipe 1 é acusada de calote por clientes e funcionários

Nas redes sociais internautas questionam transparência do proprietário em não arcar com despesas

Nos últimos dias se popularizou nas redes sociais, a situação da renomada academia Equipe 1, localizada na rua Nossa Senhora de Copacabana. Clientes e funcionários se sentiram lesados pela falta de transparência dos administradores que encerraram as atividades neste dia 21 de outubro.

Relatos nas redes sociais mostram que pessoas compartilhavam imagens dos aparelhos – antes usados na academia – foram colocados à venda em sites de compra online. De acordo com a matéria exclusiva do Diário do Rio, o dono da Equipe 1, chamado de Alcides, é acusado de não pagar funcionários e tampouco reembolsar alunos recém matriculados ou que pagaram a mensalidade e já não podem mais se exercitar.

Após mais de 30 anos de atividade na região de Copacabana, a academia atualmente está em situação de debanda. Os equipamentos estão sendo retirados da unidade e alguns funcionários já foram vistos em uma outra academia próxima do local.

Uma das maiores críticas trazidas por usuários do Facebook, é a falta de transparência e a má índole do proprietário.

 A academia fechou, vendeu as máquinas, deu calote em meio mundo e o dono continua dando aula enquanto alunos e funcionários lesados pedem explicação

Relato anônimo de um cliente da unidade em um post no Instagram

Outros relatos apontam que funcionários não recebem décimo terceiro salário há 3 anos. Denúncias de atrasos nos pagamentos mensais também foram publicadas nas redes sociais e alunos se queixam em diversos posts sobre a falta de comunicação em avisá-los do encerramento das atividades. O reembolso das mensalidades também é questionada nos perfis da academia, mas em nenhum comentário, foi registrado uma posição da empresa.

Confirmado pelo Diário do Rio, até o momento o dono e sua empresa não se posicionou sobre o caso. Nas redes sociais a academia segue realizando posts e não toca no assunto.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo