Notícias

Traficantes do Fumacê (TCP) são acusados de matar suposto informante da Vila Kennedy (CV)

Quatro traficantes do Conjunto Habitacional Fumacê, em Realengo, na Zona Oeste do Rio, respondem a processo na 4ª Vara Criminal da Capital suspeitos da morte de um rapaz que eles acreditavam ser informante de uma quadrilha rival. São eles os bandidos de vulgos Dogão, Anão, Shrek e Motoca, sendo este último preso.


No dia 06/07/2019, no bairro de Realengo, os acusados efetuaram disparos de arma de fogo na vítima Matheus Barbosa, causando-lhe as lesões que foram a causa eficiente de sua morte. 


Consta da inicial acusatória que os suspeitos seriam integrantes da facção criminosa Terceiro Comando Puro, responsável pelo tráfico de drogas na Comunidade do Fumacê, e teriam cometido o crime por acreditarem que Matheus seria informante da facção criminosa rival Comando Vermelho, controladora da venda de entorpecentes na Comunidade da Vila Kennedy. 


Na data dos fatos, a vítima caminhava pelo bairro de Realengo quando foi surpreendida pela súbita chegada dos acusados e de um menor de idade que desembarcaram de dois automóveis. 


Em seguida, Matheus teria sido obrigado a entrar em um carro, levado até a rua Demerara, localizada também em Realengo, onde teria sido executado com diversos tiros.

Shrek e Motoca respondem a mais um homicídio consumado e mais duas tentativas de homicídio.

Processo No 0026884-63.2020.8.19.0001

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo