Política

Ex-cunhada e ex-sogro de Jair Bolsonaro são alvo de quebra de sigilo no Rio

Parte do antigo núcleo familiar do presidente Jair Bolsonaro em Resende, integra a lista de 95 nomes cujos sigilos bancário e fiscal foram quebrados pelo juiz Flávio Itabaiana Nicolau, a pedido do Ministério Público.

Ministério Público do Rio suspeita que pelo menos seis parentes atuavam como fantasmas ou repassavam parte dos salários para membros da suposta organização criminosa.

Guilherme Hudson também já trabalhou na Câmara Municipal do Rio, nomeado no dia 1º de abril de 2008 no gabinete de Carlos Bolsonaro, filho do presidente.

Entre os nomes citados são:

    Andrea Siqueira Valle: ex-cunhada de Jair, é irmã de Ana Cristina Vale, mãe de Renan Bolsonaro;

    José Candido Procópio da Silva Vale: ex-sogro de Jair, pai de Ana Cristina e Andrea;

    Maria José Siqueira e Silva: tia de Ana Cristina;

    Marina Siqueira Guimarães: tia de Ana Cristina;

    Ana Maria Hudson: tia de Ana Cristina;

    Guilherme Hudson: advogado, filho de Ana Maria

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE

Aguarde 10 segundos e clique em fechar publicidade para visualizar a notícia.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Encontramos um bloqueador de anúncios em seu navegador. Desabilite-o para navegar