Política

Witzel diz que é preciso combater crime com ‘máxima dureza’ e nega política de confronto

Um dia depois de polêmica operação que terminou com oito mortos e denúncias sobre uso de helicópteros para atirar para baixo no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio, o governador Wilson Witzel afirmou que é preciso combater o crime com “máxima dureza”.

Não é possível combater tudo isso sem a máxima dureza contra o crime organizado”, afirmou o governador durante evento de 74 anos da vitória contra Exércitos fascistas e nazistas na Segunda Guerra Mundial.

“Para enfrentar esses terroristas, o estado do Rio de Janeiro tem contado com apoio do presidente Jair Bolsonaro, do ministro Sérgio Moro, para combater o crime organizado que começa a se alastrar para fora das bandeiras do nosso estado.

No entanto, as mortes por intervenção de agentes do estado chegaram ao seu maior número em 20 anos no primeiro trimestre: foram 434 em 2019, contra 368 em 2018.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo