Política

Witzel é denunciado à ONU por presidente da Comissão de Direitos Humanos da Alerj

A presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia do Rio (Alerj), deputada Renata Souza (PSOL), denunciou o governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel (PSC) à Organização das Nações Unidas (ONU).

documento assinado pela parlamentar cita os disparos feitos por um policial do helicóptero onde o governador do postou um vídeo, no último sábado (4), em Angra dos Reis, Costa Verde.

Em nota, Witzel afirma que não recebeu nenhuma notificação da ONU e que a operação em Angra — ocorrida no sábado (4) — foi de reconhecimento em áreas atingidas pela criminalidade.

Um dos locais atingidos pelos tiros, contam moradores, é uma tenda evangélica onde são realizados encontros religiosos.

governador do RJ diz que a política de segurança é baseada em inteligência, investigação e aparelhamento das polícias civil e militar.

Segundo ele, as operações contam com atiradores de alta precisão e são precedidas de planejamento técnico, conforme protocolo previsto em lei.

O documento afirma que os tiros podem ser dados quando estritamente necessário para legítima defesa dos tripulantes e as rajadas são proibidas.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo