CoronavírusSaúde e Alimentação

Crivella diz que número de infectados no Rio é menor que o previsto

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, inspecionou neste sábado o trabalho de desinfecção executado por militares das Forças Armadas no terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.

Foram aplicados produtos desinfetantes nas catracas, corrimãos, validadores de cartões e outros pontos comuns ao toque de passageiros no terminal, que concentra um número expressivo de usuários diariamente.

Mais cedo, no Gabinete de Crise contra o novo coronavírus, instalado no Riocentro, Crivella classificou de “efetivas e equilibradas” as medidas adotadas até agora pela prefeitura no combate ao vírus, tendo em vista que os números de propagação da doença evoluíram abaixo da expectativa.

“Durante a semana que começou a intervenção efetiva da prefeitura no afastamento social, ou seja, o comércio todo da cidade fechou, na madrugada de terça-feira, com exceção das atividades essenciais.

De acordo com Crivella, participarão da reunião diretores de hospitais, professores universitários, infectologistas e membros da secretaria de Saúde: “Vamos avaliar as medidas que tomamos, os efeitos que tiveram e como e quando retomaremos a vida normal.

O prefeito reiterou a necessidade de manter o afastamento social até que a comunidade científica avalie que outras ações podem vir a ser tomadas em relação à circulação das pessoas.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo